"O TRABALHO DIGNIFICA O HOMEM"

http://httpwwwluizfelipelopesdiascombr.blogspot.com/

domingo, 18 de setembro de 2016

ALMANAQUE GERAL FERROVIARIO - TREM DA SERRA (RESUMO)

Obra de   Obrigado Amigo
Original completa em:
http://tremdaserradoriodejaneiro.blogspot.com.br/2015/11/memorias-da-linha-auxiliar.html

Por volta de 1910, o então presidente da República Nilo Peçanha, e sua comitiva foram recebidos na estação Barão de Javari.
Desde o ano de 1898, são muitas as histórias que passaram pela Linha Auxiliar; Inaugurações, aprimoramentos, acidentes e conquistas, essa estrada de ferro tem muitas histórias a serem compartilhadas, eis aqui algumas lendas e fatos desse interior privilegiado por uma ferrovia nas curvas da região serrana do estado do Rio De Janeiro.

No ano de 1924 foi inaugurado o primeiro trecho duplicado da Linha Auxiliar, devido o grande fluxo ferroviário na região.


Na década de 70, o país passava por uma grande crise financeira e aos poucos tentava se recuperar das marcas da ditadura militar, as ferrovias deixavam de lucrar com trens de passageiros, e por isso tornou-se frequente trens de carga atravessando cidades onde antes rodavam quase que exclusivamente trens regionais e circulares.


O governo que de várias formas cortava os gastos, e julgou lucrar mais com trens cargueiros tanto pelo aspecto financeiro quanto pela logística da época, Sendo assim, as escandalosas locomotivas a diesel invadiam as ruas das cidades com suas centenas de vagões de carga, transportando principalmente minério de ferro.


Devido a falência da Rede Ferroviária o ramal da Linha Auxiliar foi desativado para cargueiros e para os trens regulares de passageiros. A famosa "Maria Fumaça" se tornou raridade após tantos anos percorrendo a serra do Rio De Janeiro.


Parte do ramal no trecho pertencente ao município de Miguel Pereira houveram duas tentativas de Trens Turísticos, sendo o primeiro projeto com uma locomotiva a vapor e o segundo com uma a diesel.


Fatores como deslizamentos na serra e a falta de manutenção técnica do material rodante ocasionaram diversos cancelamentos dos passeios.


Mas no ano de 1990 um acidente (possivelmente criminoso) fez o Trem Azul descarrilar e tombar no pátio da estação em Governador Portela, após esse lamentável acontecimento a composição foi reduzida para apenas três vagões, e pouco tempo depois encerrou definitivamente suas atividades.

http://httpwwwluizfelipelopesdiascombr.blogspot.com.br/2016/09/almanaque-geral-ferroviario-memorias-da.html

domingo, 11 de setembro de 2016

ALMANAQUE GERAL FERROVIARIO - ESTAÇÃO SÃO CRISTÓVÃO.

- INAUGURADA EM 1858 ESTRADA DE FERRO DON PEDRO II - ESTRADA DE FERRO CENTRAL DO BRASIL  LINHA DO CENTRO - SUPERVIA ESTAÇÃO INTEGRAÇÃO METRÔ RIO LINHA 2 SUPERFICIE INDO ATÉ PAVUNA OU CENTRAL DO BRASIL PARA TRANSFERÊNCIA COM A LINHA 1  &  TRENS PARA ATENDER OS RAMAIS - DEODORO - JAPERI - SANTA CRUZ - BELFORD ROXO - SARACURUNA.
TEM DOIS ACESSOS PELA AVENIDA BARTOLOMEU DE GUSMÃO EM FRENTE A QUINTA DA BOA VISTA PARQUE QUE ABRANGE O MUSEU NACIONAL E JARDIM ZOOLÓGICO E OUTRAS ATRAVÉS DE PASSARELAS PARA SENADOR FURTADO ACESSO A UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA OUTRAS DUAS SOBRE AVENIDA RADIAL OESTE  ONDE ESTÃO SITUADOS OS TRADICIONAIS COLÉGIOS IFRJ ANTIGO CEFET RJ E FAETEC.


PUBLICADO COM TOTAL DE FOTOS NO:
https://www.facebook.com/luizfelipe.lopesdias/media_set?set=a.662989647120323.1073741916.100002278828310&type=3

https://www.facebook.com/luizfelipe.lopesdias/media_set?set=a.1110025275750089.1073742146.100002278828310&type=3&uploaded=9&hc_location=ufi

 VER TAMBÉM ESTAÇÃO IMPERIAL DE SÃO CRISTÓVÃO ALBÚM DE FOTOS

https://www.facebook.com/luizfelipe.lopesdias/media_set?set=a.566746486744640.1073741853.100002278828310&type=3


FOTOS: MINHAS LENTES SÃO CRISTÓVÃO RIO DE JANEIRO BRASIL

domingo, 21 de agosto de 2016

ALMANAQUE GERAL FERROVIARIO - LOCOMOTIVA BITOLINHA CENTRAL Nº 2.

De Edson Vander Teixeira: Nos anos 90 chegamos a colocar em eventos comemorativos da RFFSA com parceira do Ferreomodelismo do RJ, a mesma dava uma volta numa antiga e saudosa linha circular que partia dos fundos do museu e passava pelas oficina próximo das locomoções, os carros de passageiros com dois eixos os mesmos das fotos não eram muito apropriados para está linha circular, melhor se focem de truques, tivemos a presença de Celso Frateschi ( Frateschi trens elétricos).

Luiz Felipe Lopes Dias Está eu me lembro, os visitantes na sua maioria crianças de escolas em excursões de visitas ao glorioso museu da extinta RFFSA, infelizmente com o desmonte da rede que resultou com o fim das oficinas do Engenho de Dentro e construção do estádio de futebol, a linha foi cortada do seu traçado original e hoje é administrado pelo IPHAN que alem de desativar está atração não toma os mínimos cuidados para que está loco e outros materiais sejam corroídos pela ferrugem.
Fotos: 12/10/2014 Minhas Lentes Museu do Trem  Engenho de Dentro Rio de Janeiro Brasil










http://httpwwwluizfelipelopesdiascombr.blogspot.com.br/2016/08/almanaque-geral-ferroviario-locomotiva.html